06/09/2011

Relatório de Gestão

 

O Instituto Rui Barbosa tem por vocação ser o grande promotor de atividades ligadas aos estudos e às pesquisas relativas aos Tribunais de Contas de Estados, Municípios e Distrito Federal. Assim tem sido feito desde sua criação, ainda em meados dos anos 70.

Nos últimos anos, entretanto, ao IRB coube um honroso papel: coordenar as ações do Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Estados, Municípios e do Distrito Federal, o PROMOEX. Não é exagero dizer que o PROMOEX promoveu uma revolução sem precedentes nas Cortes de Contas brasileiras. Dividido em Grupos temáticos que abordam diversos temas ligados às nossas atividades meio e fim, o PROMOEX promove integração constante entre membros e técnicos, além do compartilhamento de soluções entre os Tribunais. Hoje são inúmeros casos de exemplos de sucesso que foram importados ou exportados, repetindo o êxito em outros Tribunais. É a nossa própria globalização.

Além disso, novos produtos tornam possível a abertura de outros horizontes para o exercício do Controle Externo. Cito rapidamente as Normas de Auditorias Governamentais (NAGs) e as Auditorias Operacionais, que já movimentaram 350 servidores de 17 Tribunais de Contas. Sinal de interação e modernização.

Ferramenta de gestão indispensável, o Planejamento Estratégico hoje já é u ma realidade em 100% dos TCs. Em parceria com o Grupo de Planejamento Organizacional, o IRB adquiriu junto a uma empresa particular e distribuiu para os Tribunais o Channel, um software de gerenciamento de projetos e processos que possibilitará a padronização das ações entre todos. Sinal dos tempos.

É com satisfação que a diretoria do IRB apresenta o r elatório de atividades de 2010 e 2011. São vários e s ignificantes os resultados alcançados, o que nos impõem um desafio ainda maior para os anos que virão.

Severiano Costandrade - presidente

Clique aqui para visualizar o Relatório de Gestão do IRB 2010/11

© Copyright 2011 - Instituto Rui Barbosa - Todos os direitos reservados.